sábado, 20 de março de 2010

Parceria ajuda a recompor florestas


De um lado, paira sobre a cabeça do produtor rural a espada da lei ambiental, que o obriga a preservar ou recompor com árvores nativas no mínimo 20% de sua propriedade (Reserva Legal) - no caso do Sudeste, Sul, Centro-Oeste e Nordeste , sem levar em consideração a existência de cursos d'água dentro da propriedade. De outro lado, há produtores que mal têm dinheiro para investir nas lavouras anuais e na pecuária, o que se dirá no plantio de árvores.

De acordo com o biólogo Otávio Morais, da empresa Brasil Diverso, especializada em recomposição de florestas, "uma recomposição de floresta com espécies nativas, seguindo à risca toda a legislação, chega a R$ 15 por muda, por dois anos, com 1.667 mudas por hectare". Ou seja, durante dois anos, que é o tempo que se espera que a muda nativa já possa crescer por conta própria, o produtor gastaria no mínimo R$ 12.500 por hectare/ano (dados retirados do site www.sma.org.br).

A boa notícia é que o produtor rural tem, atualmente, a possibilidade de recompor áreas com espécies nativas sem gastar praticamente nada. Trata-se do Programa Plante Bonito, desenvolvido pelo Instituto das Águas da Serra da Bodoquena - IASB. O Plante Bonito é uma programa pioneiro de recuperação das matas nativas da Serra da Bodoquena, onde as mudas utilizadas são patrocinadas por empresas de diversos ramos, como também pessoas físicas e escolas.

Funciona assim: Para participar do Plante Bonito basta o produtor rural preencher um Formulário de Cadastramento da Propriedade (disponível no escritório do IASB). Caso sua área seja selecionada, será assinado um Contrato de Doação de Mudas para reflorestamento, onde o produtor interessado se compromete a colaborar com o plantio e a zelar pelas mudas. O IASB irá realizar o plantio e por um período de 2 anos fará o monitoramento das mudas e a sua reposição, caso haja a morte de alguma.

As mudas não possuem nenhum custo para o produtor rural. No entanto, destacamos que o Plante Bonito fornece apenas as mudas das árvores nativas e o plantio das mesmas, sendo a manutenção (c0roamento, irrigação, limpeza, dentre outros) por conta do proprietário. Reforçando, o monitoramento, a orientação técnica, as mudas e o plantio são por conta do IASB através do patrocíno dos empresários participantes do programa.

O Programa Plante Bonito foi lançado em novembro de 2007 com o plantio de 100 mudas às margens do córrego Restinga, em Bonito/MS. Atualmente conta com o apoio de 14 empresários, 02 escolas e 02 associações que possibilitaram até o momento o plantio de 3.000 mudas em 10 propriedades rurais distintas, localizadas em 02 municípios, Bonito e Jardim. Além disso, como as mudas são plantadas em períodos chuvosos, o IASB acumula por enquanto um saldo de 200 mudas para serem plantadas na próxima estação.

Como pode ser visto, com o apoio empresarial está sendo possível reflorestar áreas desmatadas, principalmente matas ciliares, buscando a conservação dos recursos hídricos e a manutenção de todas as formas de vida que dele dependem. Para as empresas participantes do Programa, além do reconhecimento pela atitude louvável de conservação dos recursos naturais, ela também recebe diversos outros benefícios que só vem a fortalecer o apoio dispensado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails